Blog

Sucesso do Cliente

Fidelização de clientes em clínicas veterinárias e pet shops: por que é tão difícil?

A fidelização de clientes em clínicas veterinárias e pet shops é um problema real desse setor de mercado e precisa ser tratado como prioridade por donos de empresas dessa área.

Afinal, é a retenção de consumidores satisfeitos uma das principais armas da empresa para continuar brigando em um mercado de altíssima concorrência, como é o dos pets: com números que podem chegar a cem milhões de animais de estimação em território brasileiro, o setor de saúde animal deve crescer até 13% nos próximos meses, incluindo a taxa de abertura de novas empresas do segmento.

Dito isso, se você ainda não entendeu a importância mercadológica da fidelização de clientes em clínicas veterinárias e pet shops, apoie-se nos números para desvendar a importância econômica dessa atitude empresarial. É melhor estudar formas de resolver o problema agora do que perder espaço para os concorrentes em um futuro próximo.

Principais dificuldades para a fidelização de clientes em clínicas veterinárias e pet shops

Além da alta e crescente concorrência, outras razões podem explicar porque é tão difícil sentir na pele – ou nos livros contábeis – a fidelização de clientes em clínicas veterinárias e pet shops. Eis uma lista das principais delas:

#1 Falta de conhecimento do consumidor pelo bom serviço

A alta oferta do mercado pet acaba por tornar várias empresas do segmento medianas no quesito qualidade, e aí o consumidor acaba ficando satisfeito com o “menos pior”. Dessa forma, ele tem certa dificuldade em valorizar o serviço de qualidade inquestionável – que, na maioria das vezes, é relativamente mais caro.

Essa falta de tato do próprio beneficiário pelo serviço é um dos principais obstáculos da fidelização de clientes em clínicas veterinárias e pet shops, já que eles vão criar resistência em pagar um valor justo para bons profissionais e produtos específicos.

Como resolver essa questão? Com a educação do consumidor. Mostre para seus clientes, em pequenos gestos, atitudes e, quando puder, números, que o pet estará mais seguro e confortável com os serviços da sua empresa, ainda que eles sejam um pouquinho mais caros do que na concorrência.

Nesse quesito o pós-venda conta demais para que suas palavras sejam realmente ações, e não promessas.

#2 Alto índice de inadimplência

Muita gente compra ou adota um pet sem levar em consideração as limitações de seu orçamento doméstico, o que pode gerar inadimplência.

Essa, por sua vez, acaba gerando uma rotatividade alta, já que o consumidor inadimplente pode ter vergonha ou barreiras para resolver sua situação e não voltar mais ao lugar em que costuma ser atendido, dificultando a fidelização de clientes em clínicas veterinárias e pet shops.

Como resolver essa questão?

Sempre que possível dê condições especiais de pagamento para seus clientes, principalmente àqueles que, visivelmente, estão com mais pratos nas mãos do que conseguiriam carregar. Evite, também, cobrar a mais de quem paga no cartão – ou dar um mega desconto para quem pagar à vista.

Além disso, ofereça descontos progressivos para os clientes fiéis, como cartões fidelidade com descontos exclusivos ou a oferta de um serviço gratuito após dez idas à clínica.

Receba dicas GRATUITAS sobre gestão para pet shops e clínicas veterinárias!

#3 Falta de foco na gestão

Não dá para falar de fidelização de clientes em clínicas veterinárias e pet shops se a gestão do negócio está mais focada para a atração de novos clientes a todo custo. Uma meta só será alcançada se toda a empresa estiver rumando para ela.

É imprescindível, nesse caso, que as prioridades sejam estabelecidas dentro dos objetivos de curto, médio e longo prazo de uma empresa. E se a fidelização de clientes em clínicas veterinárias e pet shops for escolhida a bola da vez, é preciso focar esforços, investimentos e carinho no alcance dessa realidade.

Como resolver essa questão?

Se você for o dono do negócio, pare de atirar para todos os lados. Ao invés de mirar em um dinheiro curto, mas certo, a curto prazo, foque em conseguir lucratividade por um longo tempo, nutrindo o relacionamento com quem já confia em você, oferecendo um pós-venda de qualidade e alocando investimentos para surpreender seus clientes atuais.

Mandar um presentinho no dia do aniversário do pet pode dar muito mais retorno na fidelização de clientes em clínicas veterinárias e pet shops do que gastar esse mesmo dinheiro tentando mostrar para futuros clientes o quanto sua clínica é legal.

E esse é apenas um exemplo das muitas ações que podem ser feitas a favor da retenção de clientela.


Melhore o relacionamento com seus clientes:

A gente te ajuda a ficar mais próximo do cliente final - e isso se reflete no seu caixa!

Esperimente grátis

Você pode gostar desses aqui:

Simplesvet é um sistema veterinário online para clínicas e petshops que tem a missão de simplificar a gestão pet.