Blog

Marketing

Marketing Digital Para Clínicas Veterinárias e Pet Shops: Do planejamento aos resultados

Sua clínica conta com uma boa presença digital e interage, pelas redes sociais, com os consumidores da sua marca?

Se a resposta é “não”, você está em desvantagem em relação a seu concorrente que percebeu o potencial do ambiente online para lançar mão de um produto ou serviço. Hoje, para gerar competitividade e estreitar relacionamentos com clientes, o marketing digital para clínicas veterinárias e pet shops deixou de ser uma escolha para se tornar uma obrigação.

Contudo, de nada adianta criar perfis no Facebook ou Instagram e sair postando sem critérios: o marketing digital precisa se desdobrar em objetivos, metas, análise de resultados e planejamento focado nos números do relatório.

Mas por onde começar?

Se você se encontra na mesma situação em que a maioria das clínicas veterinárias e pet shops brasileiros, que precisam colocar em prática o Marketing Digital mas não têm “braços” ou recursos para isso, não se preocupe.

Com alguns passos básicos já é possível começar a “rodar a engrenagem” do Marketing Digital e, consequentemente, atrair novos clientes.

Veja a seguir dicas de marketing digital para clínicas veterinárias e pet shops

1. Faça um planejamento criterioso

Marketing é um setor da empresa que, como qualquer outro, precisa de investimento, metas, resultados esperados… e, por isso, é normal que o primeiro passo consciente a se dar quando você entra no mundo do marketing digital para clínicas veterinárias e pet shops seja planejar sua presença em rede.

Antes de criar um perfil e distribuir conteúdo à revelia, faça o caminho de criação de qualquer área nova dentro da empresa: levante custos, consulte especialistas sobre as ferramentas a serem utilizadas e, a partir daí, comece a pensar ações pertinentes ao que sua empresa faz.

Por exemplo: se você tem uma clínica veterinária para tratar apenas de animais silvestres, não adianta nada colocar no Facebook da empresa a imagem de um cachorro. Do mesmo modo que não vale a pena postar vídeos fofos de animais brincando… com coisas que você não vende no seu pet shop.

Por mais que seja engraçadinho, você pode estar dando condições para a concorrência se desenvolver. É por isso que, ainda que esses exemplos pareçam óbvios, eles só serão fielmente descartados por quem possui um planejamento estratégico.

Um erro bastante comum nesta fase, cometido até mesmo por gestores experientes de clínicas veterinárias e pet shops, é acreditar que a contratação de um profissional especializado é “obrigatória”.

Mas não. Hoje em dia existe um mar de informações sobre Marketing Digital (inclusive aqui no Blog da SimplesVet) e qualquer pessoa interessada pode sim implementar uma estratégia – por mais básica que seja – para atrair interessados e convertê-los em clientes.

 2. Forneça atendimento de qualidade

Estar nas redes sociais não é só falar, falar e falar esperando que as pessoas curtam e compartilhem tudo o que você posta: a via é de mão dupla, e qualquer rede social onde você vai fazer o marketing digital para clínicas veterinárias e pet shops já pressupõe que você vai fazer o chamado “SAC 2.0”.

Iebook marketingsso significa que, além de atender ao telefone – o que é bem importante, por isso, coloque alguém bem simpático para exercer esse papel –, você também terá que tirar dúvidas, responder a solicitações de agendamento e outras demandas dos clientes através da conversa pelas mensagens diretas de Facebook, Twitter e Instagram.

Se precisar contratar alguém que vá ficar por conta disso, lembre-se de escolher alguém com experiência e recomendação.

Evite pessoas que se irritam por pouca coisa ou não têm paciência. Afinal, uma hora ou outra alguém pode fazer uma reclamação, e o principal papel de quem faz marketing digital para clínicas veterinárias e pet shops é manter a cabeça fria e responder sempre com educação.

3. Utilize a tecnologia a seu favor

Uma das principais vantagens de fazer marketing digital para clínicas veterinárias e pet shops é ter à disposição diversas ferramentas tecnológicas que podem incrementar a experiência do usuário nas suas redes sociais.

Alguns exemplos são os chatbots, ou robôs que farão o atendimento online (na verdade não são robôs estilo Os Jetsons, e sim um software de inteligência artificial que responde às demandas dos clientes em caixas de mensagens diretas), notificações programadas por e-mail (e-mail marketing) e mensagem de texto via SMS ou WhatsApp.

Tudo isso pode ser programado e feito sem que você precise mandar mensagens individuais ou só nas horas do dia em que tem uma folguinha.

4. Tenha um bom site

Encontrar uma empresa no Facebook é legal, mas você já notou que delícia é entrar num site e ter todas as informações sobre a empresa em um só ambiente, limpo e organizado?

Seu site precisa ser desse jeito, e também bastante acolhedor – afinal, estamos falando de marketing digital para clínicas veterinárias e pet shops, então o cliente final tem que perceber todo o carinho que sua empresa tem com os animais em seus canais de comunicação online.

Além disso, ter um site é importante porque, no fim das contas, ele é seu. Se você só dissemina informações pelo Facebook e um dia o dono da rede social decide que quer fechá-la, você perde todo o registro das suas atividades.

5. Monitore os resultados

Ações de redes sociais são só isso quando não têm uma análise final de resultados. Dessa forma, você posta o que acha mais legal sem nem saber, no fim das contas, se as pessoas gostaram do post, interagiram com ele ou compraram um serviço na sua empresa por causa de algo que leram online.

Monitorar é uma das principais chaves do marketing digital para clínicas veterinárias e pet shops porque é através do monitoramento que você descobre, com mais certeza, o que dá certo e o que não dá para o seu público, que é o grande protagonista dos seus esforços.

A partir do monitoramento, você ou sua equipe podem calibrar melhor as atividades nas redes sociais daqui pra frente.

Para concluir, lembre-se de que o marketing digital para clínicas veterinárias e pet shops une o mundo online, com fotos fofas de animais, declarações de amor aos bichos e promoções nas plataformas sociais, ao mundo off-line, que é onde você atua de maneira real-oficial.

Por isso, não se esqueça de postar com planejamento nas redes, mandar e-mails e mensagens de forma igualmente planejada, mas também não deixe ficar para trás o bom atendimento presencial, a limpeza da loja e o modo de tratamento aos animais e seus donos.

O marketing digital só dá certo, de fato, quando na “vida real” a empresa é ainda mais merecedora de vários likes.

Você pode gostar desses aqui:

Simplesvet é um sistema veterinário online para clínicas e petshops que tem a missão de simplificar a gestão pet.