Artigos sobre gestão de clínicas veterinárias e petshops

Marketing

Marketing Veterinário: dicas para atrair novos clientes todos os dias

O marketing é uma ciência que existe há muitos anos e consiste na criação de artefatos de valor para proporcionar às empresas melhores chances de venda. Ele pode ser aplicado por qualquer tipo de negócio que tenha como principal objetivo vender – seja um produto, um serviço ou uma ideia.

Dentro dele cabem inúmeras maneiras de fazer a venda acontecer, visando o lucro das organizações e a fidelização de clientes. Uma delas, que tem ficado cada vez mais presente na vida dos microempresários brasileiros, é o marketing digital, que utiliza ferramentas e plataformas online para atrair clientes através de um investimento inicial adequado à realidade orçamentária de cada negócio.

E, dentro do marketing digital, um dos possíveis desdobramentos é o marketing veterinário. Essa modalidade não existe como conceito formal ou disciplina na faculdade de marketing – mas isso não quer dizer que não seja aplicável na realidade em que vivemos. Afinal, o marketing veterinário nada mais é do que o marketing digital aplicado ao contexto de clínicas veterinárias e pet shops.

Dito isso, existem vários tipos de inovação dentro do marketing veterinário, como já te mostramos nesse texto aqui. Mas, como ideia boa nunca é demais, cá estamos novamente para te dar mais algumas chances de começar a aplicar o marketing veterinário ainda hoje na sua empresa.

Estar atento à comunicação de qualidade é sempre a principal dica para atrair – e reter – novos clientes, principalmente em um setor como o nosso, que trabalha com a emoção e a confiança do cliente. Portanto, comunique sempre sua verdade através das dicas abaixo e os resultados aparecerão da maneira com que você sonha (e merece).

#1 Use as redes sociais para promover desafios

As pessoas estão no Facebook e Instagram para ver bichinhos fofos e nenéns, essa é a realidade. Se sua clínica veterinária ou pet shop não surfa na crista dessa onda, há algo errado.

E se você não consegue tirar boas ideias para nadar de braçada nesse mar de oportunidades, tem algo mais errado ainda! Calma, vamos te ajudar: que tal promover desafios que podem render descontos aos participantes na clínica?

Em um mundo onde a fofura toma conta das timelines, nada melhor do que tirar proveito disso juntando o útil ao agradável.

Um exemplo: dia das mães está aí e cada vez mais famílias têm espaço para crianças (incluindo bebês) e pets ao mesmo tempo. Que tal premiar a melhor foto de interação entre o filho humano e o filho pet homenageando a mãezona e garantindo presentinhos para todos? Os interessados podem postar a foto usando a sua hashtag ou pedindo que os amigos curtam a página da clínica veterinária ou pet shop.

Receba dicas GRATUITAS sobre gestão para pet shops e clínicas veterinárias!

#2 Mande mensagens que valem pontos

Se quer lembrar o dono do pet de marcar o retorno à clínica para uma vacina, um banho e tosa ou uma consulta de rotina, mande mensagens via SMS ou WhatsApp que serão respondidas – se não pela atenção do humano, pelos pontos que elas valem.

É como um jogo: o humano que confirmar a presença através de um SMS, e-mail ou WhatsApp começa a juntar pontos em um “programa de milhas” que pode dar brindes de acordo com a quantidade de pontos que cada um tem.

Além de deixar o dono do pet mais atento ao telefone – e às datas de retorno –, sua clínica ainda vai gastar menos dinheiro de ligação telefônica e se tornar menos invasiva, deixando a leitura da mensagem para o momento que o humano achar ser mais oportuno.

#3 Use e abuse do Insta Stories

O Snapchat surgiu com uma proposta legal, mas confessamos: era muito difícil entender a logística se o usuário tivesse mais de 30 anos… mas as historinhas que aparecem e “somem” em 24 horas também ganharam espaço no Instagram, e é nessa ferramenta que você pode deixar seu público mais feliz.

Compartilhe vídeos rápidos (de até 15 segundos) e fotos de momentos divertidos ou fofinhos da clínica veterinária ou pet shop no Stories para garantir maior alcance aos conteúdos da marca. Se a foto ou vídeo remeter a algum cliente que pode se interessar pelo conteúdo (por exemplo, a foto do dia é do pet dele), marque-o para que ele possa replicar a postagem em suas próprias redes e, assim, conseguir mais alcance orgânico.

O Instagram está super intuitivo e não existe desculpa para não usá-lo. Se você jamais entrou na plataforma, a dica é entrar e começar a mexer. Num instantinho você vai entender tudo.

 

#4 Tenha um blog

Se você está lendo esse post no blog da SimplesVet é porque nosso conteúdo te interessa. Da mesma forma, sua empresa pode criar artigos que sejam de interesse dos seus clientes, com materiais descritivos ou educativos que possa fazer a diferença tanto na vida do dono quanto na do pet.

O blog é um espaço que não vai se saturar e aceita cada vez mais conteúdos de qualidade – e recompensa a clínica veterinária ou pet shop por isso. Quanto mais textos legais, mais relevância o site que hospeda o blog tem para o Google, facilitando sua ascensão orgânica nos termos de pesquisa que tenham a ver com o negócio. Em outras palavras, com bons textos de blog, fica mais fácil ser o primeiro resultado do Google sem pagar anúncios para isso.


Gostando das dicas?

Se quiser implementá-las com sucesso desde o começo, é preciso ter tempo e energia para pensar no marketing veterinário. Para isso, conte com a gente para facilitar sua gestão e de dar mais possibilidade de projetar o futuro da empresa.

Esperimente grátis

#5 Monte um pet club

Essa é a era da informação e você pode ter certeza que os pais de pet que levam seus filhotes à sua clínica não têm apenas a sua consulta como fonte de informação. Eles também recorrem ao Google quando estão com dúvidas e provavelmente dividem com outras pessoas grupos de discussão no Facebook ou WhatsApp para recolher dicas de cuidados com seus amigos de quatro (ou mais) patas.

Que tal fazer da sua clínica veterinária ou pet shop a principal referência dessa gente toda? Nossa dica é montar um pet club que pode ser dividido por pedigree ou família de animais (gatos, cachorros, coelhos, sapos, etc.) e convidar seus clientes a entrar nesses grupos.

Mas não é colocando-os direto na bagunça do WhatsApp ou Face, e sim perguntando, em sua próxima ida à clínica, se eles têm interesse em fazer parte de um grupo que aborda temas interessantes sobre seu pet.

As pessoas dentro desses grupos podem ter descontos pontuais ou progressivos na sua clínica, principalmente se indicarem mais amigos a participar das discussões.

Dessa forma, além de oferecer aos humanos um bom local para discutir questões pertinentes a seus pets, você ainda consegue conhecer pessoas que podem virar clientes no futuro.

Você pode gostar desses aqui:

Simplesvet é um sistema veterinário online para clínicas e petshops que tem a missão de simplificar a gestão pet.