Blog

Gestão

Você tem cabeça de CPF ou de CNPJ?

O problema de gestão mais comum que vemos no segmento pet/vet é o gestor administrando a empresa com mentalidade de CPF ao invés de mentalidade de CNPJ.

Mas será que tem diferença? O que é bom para mim não é bom para a minha empresa? Não… Não mesmo… E é bem fácil entender o motivo. A sua empresa é um negócio e a sua vida pessoal, não.

“Mas a minha empresa não é só um negócio! Eu tenho muito amor a ela, cuido dela com carinho como se ela fosse uma pessoa, é como um membro da família para mim… “

É verdade, mas se no final das contas ela não der lucro, o que vai acontecer? A situação se torna insustentável, não é verdade? E como a gente não quer que isso aconteça, vamos organizar nossos pensamentos nesse sentido, ok?

 

Todo dinheiro gasto pela empresa deve ser um investimento

Diferentemente do que acontece em nossa vida pessoal, todos os gastos realizados na empresa devem ter um objetivo claro. Esse investimento, na maioria das vezes, deve ter o foco de aumentar a produtividade, a lucratividade e a fidelização dos clientes.

Em nossa vida pessoal, esse raciocínio não se aplica. Quantas vezes gastamos em mimos que apenas nos farão mais felizes, sem que exista uma razão lógica para aquilo? Você já jantou em um restaurante mais caro pelo simples prazer que iria sentir naquele momento? Eu já. Mas esse tipo de lógica não funciona para a empresa.

Cada investimento deve ser bem pensado e deve trazer algum retorno. Esse retorno pode até ser intangível, mas deve ser perceptível.

Um ambiente agradável faz com o que o seu cliente se sinta melhor e a sua equipe trabalhe mais satisfeita. Equipamentos de ponta fazem com a qualidade dos serviços prestados aumentem e que os pacientes sejam mais saudáveis. Um bom sistema de gestão pode lhe aproximar de seus clientes e fazer com que sua empresa seja mais produtiva e lucrativa.

Você pode investir em praticamente qualquer área, contanto que faça sentido para o negócio.

imagem

Não misture as suas contas com as contas da empresa

Bem, se já ficou claro que a mentalidade de empresário é diferente da mentalidade de pessoa física, também fica claro que tudo que diz respeito ao financeiro dessas duas entidades deve ser completamente separado.

Se os interesses são diferentes, não faz sentido que você pague contas para a sua empresa e nem que a sua empresa pague as suas contas. Já imaginou se aquele jantar no restaurante caro estivesse lançado na prestação de contas do financeiro de sua empresa?

O que o seu funcionário  pensaria se ele visse que você gastou mais em um jantar do que na mensalidade de um sistema que pode diminuir pela metade as 4 horas diárias que ele leva para avisar os agendamentos de vacinas para os seus clientes?

Estou dizendo que é para você não frequentar restaurantes caros? Claro que não! Mas tenha clareza: esse gasto é seu, e não de sua empresa.

Você pode escolher passar por privações. A sua empresa, não.

Vamos voltar para a comparação entre o jantar caro e o sistema de gestão da sua clínica veterinária ou petshop. Você pode escolher tranquilamente não frequentar restaurantes caros, pois deseja economizar aquele dinheiro. É um direito seu, e isso não vai atrapalhar em nada a sua vida, exceto pela privação de frequentar restaurantes caros.

Porém, quando você abre mão de contratar um sistema para a sua empresa para economizar, a sua empresa paga caro por isso. Veja alguns exemplos:

  • Seus colaboradores trabalham mais horas em atividades repetitivas e burocráticas
  • Você gasta mais tempo para fechar o caixa da empresa todos os dias – e o financeiro todos os meses;
  • Haverá menos confiabilidade nas informações que serão utilizadas por você para decisões estratégicas;
  • Você perderá muitas oportunidades de negócio por não conhecer bem os seus clientes e o seu comportamento de compra;
  • Você perde a oportunidade de trazer o seu cliente de volta à sua clínica veterinária ou petshop com alertas de vacinas, revisões, agendamentos, etc.

Essas são apenas algumas das situações entre as inúmeras possibilidades nas quais um sistema de gestão pode te ajudar. E acredite: cada uma delas tem muito impacto sobre o que a sua empresa produz e o quanto ela lucra.

Tempo é dinheiro

Você, enquanto pessoa física, pode até esperar um pouco na hora de fazer uma compra, se tiver a intenção de economizar um pouco de dinheiro. Mas quando o assunto é a sua empresa, cada minuto perdido significa uma perda financeira real. Enquanto você protela a sua decisão, a sua empresa está perdendo dinheiro. E normalmente perdendo mais dinheiro do que o que seria investido.

Vamos analisar apenas um dos pontos acima: a possibilidade de envio de mensagens para alertar os seus clientes de vacinas, revisões, agendamentos, etc. A maioria da empresas possui um funcionário responsável por esses comunicados, normalmente realizados via telefone.

Digamos que essa pessoa passe 2 horas por dia no telefone em contato com os seus clientes. Se você já tentou fazer esse tipo de contato, sabe que, muitas vezes, o cliente não atende, ou atende e não pode falar. Ou pior: depois da quarta tentativa, ele atende, mas já se encontra irritado pela insistência do seu colaborador.

Quando essas mensagens são enviadas automaticamente pelo sistema, a sua equipe não perde tempo para realizar a atividade, não ocupa a sua linha telefônica, consegue falar com praticamente todos os clientes e efetivamente consegue passar a mensagem para eles.

Menos tempo, menos esforço, mais produtividade, mais clientes e mais lucratividade. Se você escolhe procrastinar para resolver o problema, ao mesmo tempo você também escolhe perder todas essas vantagens para sua empresa e sua equipe.

imagem

Se você tem cabeça de CPF, a sua concorrência agradece

Se você é veterinário, eu sei que você se esforçou muito na faculdade, passando por matérias complexas, perdendo noites e mais noites para conseguir se formar. Só que agora você é um empreendedor e existem outras variáveis que são tão importantes quanto a sua formação técnica em medicina veterinária.

Eu tenho certeza que você conhece colegas que, na faculdade, passavam arrastados nas matérias, mas que hoje são excelentes empresários. O contrário também é verdade: há pessoas que eram excelentes alunos e hoje já são mestres e doutores, mas que, como empresários, deixam muito a desejar.

Quem será que leva a melhor?

Melhor ser um excelente técnico ou um excelente empresário?

O que você acha que é mais fácil de acontecer: um excelente empresário trabalhar para um excelente técnico ou um excelente técnico trabalhar para um excelente empresário?

Sem dúvida, o excelente empresário vai ganhar essa dividida. Logo, é muito importante que você entenda que, se você é um empreendedor, a sua atenção para o lado empresarial é tão importante quanto a sua atenção para a formação técnica.

Claro, o ideal é que você seja bom nas duas áreas. E no que diz respeito à sua gestão, é imprescindível que a sua empresa conte com um sistema que apoie tanto a sua operação, quanto às decisões que você precisará tomar como gestor.

imagem

Mas eu preciso de um sistema para fazer a gestão de minha empresa?

Claro que sim! Depende dos seus objetivos e de quanto tempo você quer levar para atingi-los.

Lógico que é possível gerir uma empresa sem sistema. Diariamente, várias empresas que não utilizam nenhum sistema contratam o SimplesVet. E isso não quer dizer que elas eram mal administradas antes disso.

Mas o sistema facilita muito a sua vida, e acelera o seu processo de crescimento. Crescimento tanto de sua empresa quanto o seu, como gestor.

Um sistema faz com que você perceba erros e identifique oportunidades em uma velocidade infinitamente maior do que quando você realiza a gestão de sua empresa no papel ou através de planilhas.

Qual a sua prioridade agora?

Como eu falei acima, tempo é dinheiro. E em um segmento concorrido como o seu, quanto mais você demorar, mais a sua concorrência agradece.

Então, se você ainda não utiliza um sistema para a gestão de sua empresa ou se vai abrir uma empresa e acha que não é necessário iniciar já com um sistema, cuidado… Você pode estar priorizando as suas necessidades de forma que vá levar mais tempo para atingir os seus objetivos.

O que será que você, com cabeça de CNPJ, deveria priorizar?

Você pode gostar desses aqui:

Simplesvet é um sistema veterinário online para clínicas e petshops que tem a missão de simplificar a gestão pet.